Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021

23/3/2011 - Sorocaba - SP

Sessão - Projeto que prevê equiparação de subsídios de agentes políticos segue em discussão




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba

Na ordem do dia da sessão desta terça-feira, 22, o vereador José Crespo (DEM) defendeu o projeto de lei de sua autoria que propõe a fixação dos subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores para a próxima legislatura (2013/2016). O projeto foi considerado inconstitucional pela Comissão de Justiça da Casa e, devido ao fim do tempo regimental, segue em discussão na próxima sessão.  

A proposta de Crespo prevê equiparação do subsídio do prefeito ao do presidente da Câmara, tendo como referência dezembro de 2010 (R$ 9.138,43) e igualdade nos subsídios do vice-prefeito, secretários e vereadores com base no valor recebido pelos parlamentares no ano passado (R$ 7.893,57). O projeto estabelece que a correção salarial dos cargos siga os índices de reajuste concedido aos servidores.

O vereador ressaltou que os vereadores têm até dezembro de 2012 para fixar os novos subsídios para a legislatura seguinte – em cumprimento a Lei Orgânica do Município e a Constituição Federal.

Crespo lembrou que apresentou projeto propondo o fim da remuneração para vereadores.  “Esta é proposta é meio termo. Não aumenta nem diminui em nada, mantém o valor de agora por mais seis anos”, disse.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.