Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019

15/4/2011 - Sorocaba - SP

Saúde Mental - Comissão Especial dos Hospitais Psiquiátricos ouve primeiros convocados




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba

Presidida pelo vereador Izídio de Brito (PT), a comissão realiza as oitivas nesta sexta-feira, com transmissão pela TV e Internet

A Comissão Especial para Acompanhamento das Condições dos Internos e do Atendimento Oferecido pelos Hospitais Psiquiátricos de Sorocaba realizará nesta sexta-feira, 15, a partir das 9 horas, sua primeira oitiva, dando início às investigações pelos parlamentares. Na oportunidade, serão ouvidos no plenário da Câmara Municipal o casal Maria Aparecida Rodrigues da Silva e Aparecido Bento da Silva, pais de Rodrigo da Silva, e Jane Maria Antunes de Oliveira, mãe de Daniela Caldeira, ambos pacientes que morreram durante internação em hospitais psiquiátricos do município.

Presidida pelo vereador Izídio de Brito (PT) e tendo como relator o vereador Luis Santos (PMN), a comissão é formada pelos vereadores José Crespo (DEM), Rozendo de Oliveira (PV) e Neusa Maldonado (PSDB).

Com 16 nomes definidos, inicialmente estão previstas oito reuniões, sempre as sextas-feiras, às 9 horas, quando deverão ser ouvidos, além de familiares, o secretário de Saúde, Milton Palma, diretores dos quatro hospitais psiquiátricos do município, especialistas e representantes do Ministério Público, OAB e outras instituições.

Todas as oitivas serão realizadas no plenário da Câmara e transmitidas pela TV Legislativa e pela internet para possibilitar o acompanhamento dos depoimentos pela população.

Apesar da comissão especial não ter prazo legal para o encerramento dos trabalhos, foi definido o prazo de 90 dias, prorrogáveis por igual período, não descartando a possibilidade de uma comissão permanente para acompanhar o assunto.

Atendimento Psiquiátrico

A comissão especial foi formada por iniciativa do vereador Izídio de Brito (PT), com base em estudo realizado pelo Flamas (Fórum da Luta Antimanicomial de Sorocaba). Segundo o levantamento, ocorre uma morte a cada cinco dias e meio nos hospitais psiquiátricos de Sorocaba. A média de óbitos na região é de 16,5 mortes para cada 100 leitos psiquiátricos, enquanto a média nos dois maiores hospitais psiquiátricos do Estado não passa de sete óbitos para cada 100 leitos.

O estudo foi baseado em dados do Ministério da Saúde, obtidos pelo sistema Datasus (banco de dados do Sistema Único de Saúde) e SIM (Sistema de Informações sobre Mortalidade).



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.