Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019

29/3/2011 - Sorocaba - SP

Ordem do Dia - Créditos da Nota Fiscal Paulista poderão ser usados no pagamento de impostos




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba

Projeto de Anselmo Neto (PP) volta à discussão nesta terça. Vereadores votam ainda as contas da prefeitura referentes a 2008, além de projetos remanescentes.

A Câmara Municipal realiza nesta terça-feira, 29, a 16ª sessão ordinária do ano. Abrindo a ordem do dia, poderá ser apreciado em primeira e segunda discussão o projeto de Anselmo Neto (PP - foto) sobre o uso de créditos da Nota Fiscal Paulista para pagamentos de impostos municipais.

O PL autoriza o Executivo a celebrar convênio com o governo do Estado de São Paulo para aceitar como pagamento de IPTU e ISSQN créditos de pessoas físicas e jurídicas oriundos do programa. A proposta volta à pauta após nova análise da Comissão de Justiça.

Os vereadores devem votar também nesta terça as contas da prefeitura referentes a 2008. O Projeto de Decreto Legislativo n. 04/2011, da Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Parcerias que dispõe sobre aprovação das contas públicas, será apreciado em única discussão.

Em segunda discussão, retorna à pauta o projeto de lei de Ditão Oleriano (PMN) que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em bares, barracas, quiosques e por ambulantes em parques municipais, praças públicas, pistas de caminhada e nos eventos realizados ou autorizados pela Prefeitura. Projeto semelhante de autoria de José Crespo (DEM) também está na pauta, mas em primeira discussão.

Ainda em segunda discussão, os vereadores apreciam o projeto de lei da Comissão de Habitação e Regularização Fundiária que altera a Lei nº 9.028/2009 - que dispõe sobre outorga de domínio aos moradores das vilas Colorau, Zacarias, João Romão e Sabiá - com o objetivo de agilizar os processos de regularização dos imóveis.

Entre as mudanças previstas está a adequação do artigo 1º para acrescentar o termo de doação administrativa – documento expedido pela Secretaria de Negócios jurídicos e entregue ao morador para registro no Cartório – e para dispensar os proprietários da apresentação do comprovante de pagamento das despesas com a implantação de infra-estruturas que beneficiam seu imóvel, “visto que esses investimentos já foram realizados em anos anteriores e fizeram parte do orçamento municipal”.

Primeira discussão - Os vereadores apreciam a proposta de José Francisco Martinez (PSDB) que cria o “IPTU Ecológico” - desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de habitações sustentáveis.

Também de autoria do vereador, o Projeto de Resolução nº. 04/2011 altera o Regimento Interno da Câmara sobre a justificativa e os documentos necessários que deverão acompanhar os Projetos de Lei e Projetos de Decreto Legislativo que proponham homenagem.

Já do vereador Tonão Silvano (PMDB), projeto em pauta obrigada a colocação de banheiros químicos em todos os eventos ao ar livre. E de Neusa Maldonado (PSDB), projeto em pauta altera a Lei nº 9.217, de 06 de julho de 2010, que autoriza o uso do Parque dos Espanhóis e Parque das Águas para realização de eventos religiosos e determinando ser de responsabilidade dos organizadores a limpeza do local após o uso, sob pena de multa.

Outro projeto da vereadora autoriza o Poder Executivo a instituir na Rede Pública de Saúde o Programa de Prevenção e Tratamento Contra o Câncer de Colo do Útero. E em discussão única, os vereadores votam parecer da Comissão de Redação ao PL de Neusa que institui a Expo-Literária no Município.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.