Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019

4/9/2019 - Sorocaba - SP

Comissão trata da política de Educação Ambiental e da criação de um coletivo ambiental




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Sorocaba

A Comissão Intersetorial de Educação Ambiental (Cisea) se reuniu na manhã desta terça-feira (3) no Jardim Botânico “Irmãos Villas Bôas”.  O encontro contou com a presença do secretário do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), Maurício Tavares da Mota. Entre os assuntos tratados estão a revisão do Programa Municipal de Educação Ambiental de Sorocaba (Promea) e a criação de um coletivo ambiental em Sorocaba ainda no segundo semestre de 2019.

Organizada pela Secretaria do Meio Ambiente, a comissão foi criada pelo decreto nº 21.957, de 16 de setembro de 2015, e envolve representantes das secretarias municipais, Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Urbes e Parque Tecnológico. O objetivo é promover a interdisciplinaridade da Educação Ambiental, ou seja, ela deve ser discutida e difundida em todos os setores de uma organização, criando um fortalecimento do processo de percepção, discussão e ação em prol da esfera ambiental do município.

O secretário Maurício Tavares da Mota falou da importância do grupo focar na discussão do Promea. “A nossa meta é discutir a nossa política até o fim deste ano, avaliarmos o que está dando certo e o que não está e assim chegarmos a um denominador comum. É algo complexo, mas acredito que a construção tem que ser feita de forma coletiva e essa comissão será muito importante para isso”, enfatiza.

O técnico ambiental Aldo José Bittencourt Lopes Teixeira solicitou que os integrantes da Cisea enviem as sugestões referentes ao Promea para a Secretaria do Meio Ambiente avaliar cada uma. O Programa Municipal de Educação Ambiental de Sorocaba consiste como uma medida estruturante para o município planejar e executar a educação ambiental enquanto uma política pública de Estado que perpasse as administrações e que traduza os ideais dos distintos atores sociais de Sorocaba.

Com relação ao coletivo ambiental, um dos bairros sugeridos durante a reunião foi o Jardim Piazza Di Roma, por ter uma associação de moradores atuante e bem organizada. Sorocaba teve o seu primeiro Coletivo Ambiental de Aparecidinha em 2013, composto por lideranças e educadores ambientais do bairro, que realizaram diversas ações e melhorias para a região.

Durante o encontro, o técnico ambiental Aldo também falou sobre a programação planejada para celebrar o Dia da Árvore (21 de setembro) e falou sobre as atividades da Campanha de Prevenção e Combate às Queimadas 2019. O próximo encontro da Cisea ocorrerá no dia 29 de outubro.

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.