Terça-Feira, 14 de Agosto de 2018

2/3/2011 - Sorocaba - SP

Vereador defende a volta do Cata Treco como auxílio no combate à dengue




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba

José Crespo (DEM) enfatizou que o avanço da dengue é preocupante e afirmou que o programa é uma forma de combater a proliferação do mosquito

A retomada do Projeto Cata Treco pela Prefeitura foi defendida pelo vereador José Crespo (DEM), na sessão ordinária desta terça-feira (1º) na Câmara Municipal. Segundo o vereador, o Cata Treco é uma das maneiras mais eficazes para eliminar focos de criadouros do mosquito da dengue na cidade.

Essa manifestação do vereador deu-se com base em informações da Vigilância Epidemiológica do município, veiculadas amplamente pela imprensa local, dando conta de que os maiores criadouros do mosquito da dengue são justamente os materiais (trecos) inservíveis armazenados em quintais e terrenos que armazenam a água de chuva.

Para o vereador, muito provavelmente em virtude dessa constatação é que o número de registros da doença vem aumentando gradativamente em Sorocaba, onde já foram constatadas 75 ocorrências, sendo 61 autóctones (contaminados na cidade) e outras 14 afetando pessoas que vierem já contaminadas de outros municípios.

Crespo elogiou o trabalho de prevenção contra a dengue realizado pela Vigilância Epidemiológica de Sorocaba, a qual vem insistindo junto à população para que não mantenha nos quintais objetos que possam guardar água da chuva, por exemplo, local propício para o desenvolvimento das larvas dos mosquitos transmissores da dengue.

Por outro lado, Crespo lamentou que, apesar do esforço de conscientização desenvolvido pela Vigilância Epidemiológica junto à população, a dengue continue avançando e, a cada dia, vem sendo registrados novos casos de pessoas infectadas em Sorocaba.

Da tribuna da Câmara, Crespo lembrou os bons resultados da operação cata-treco, implantada e realizada durante o governo do prefeito Paulo Mendes, quando máquinas e caminhões eram deslocados para bairros escolhidos previamente, recolhendo toda sorte de materiais recicláveis e inservíveis que a população era conclamada a tirar dos quintais e depositar nas calçadas, para remoção.

Crespo mostrou-se decepcionado com a falta de empenho do governo atual de retomar o Projeto Cata Treco, capaz de, a curto prazo, eliminar focos em potencial de criação do mosquito da dengue, visto que essa atividade vem de longa data sendo solicitada por diversos vereadores, todos sem êxito até agora.

— O prefeito já ignorou solicitações nesse sentido formuladas por escrito pelos vereadores Martinez, Ditão, Luis Santos e até mesmo Paulo Mendes, atual secretário de governo. Há poucas semanas, inclusive, o vereador João Donizeti apresentou um projeto de lei criando o Programa Cata Treco na cidade. Infelizmente, enquanto o chefe do Executivo ignora esses pedidos de sua própria base aliada na Câmara, a dengue avança contra a população, o que é algo inadmissível para o padrão de cidade saudável apregoado tantas vezes pelo prefeito — assinalou o vereador Crespo.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.