Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018

5/12/2018 - Sorocaba - SP

Sorocaba recebe Workshop de defesa pessoal




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Sorocaba

Ação também tratará da emancipação e empoderamento LGBT, combate a todo tipo de discriminação, promoção dos Direitos Humanos e a importância do deslocamento dessas identidades da posição de vítima

Técnicas de defesa pessoal e bate-papo sobre empoderamento LGBT e atualidade estão entre os módulos que serão apresentados no Workshop Empodere-se – Defesa Pessoal, que será realizado no dia 15 de dezembro. O curso será das 14h às 17h, no Palácio da Cidadania, localizado na Av. Dr. Afonso Vergueiro, nº 1238, Centro. O evento é promovido pela Startup Empodere-se – que promove a inclusão das diversas identidades LGBTs na cidade de Sorocaba – , em parceria com a Secretaria de Cidadania e Participação Popular (Secid).
O Workshop Empodere-se – Defesa Pessoal foi desenvolvido a partir de uma pesquisa de dois anos com mais de duas mil pessoas de segmentos identitários como mulheres, LGBTs, negros e negras e pessoas portadoras de necessidades especiais. Os casos levantados trouxeram à tona situações que vão desde agressões psicológicas, passando por lesões corporais no âmbito doméstico, tentativas de estrangulamento, assédios morais e sexuais em locais de trabalho e em ambientes públicos. “Na maioria dos casos, as pessoas relataram limitações em dois âmbitos: primeiro, o fato de ficarem paralisadas diante as abordagens violentas; segundo, mesmo quando não paralisavam, expressaram sua inabilidade técnica para sair de tais situações”, explica Amanda Lemes, uma das produtoras do evento.
No primeiro módulo, serão apresentadas as Técnicas de Defesa Pessoal, bem como a percepção do ambiente e dos perfis agressores. Segundo as organizadoras, as técnicas de autodefesa que serão tratadas no Workshop poderiam evitar 90% dos 2 mil casos estudados. Essa é uma aula prática e pode ser feita por qualquer pessoa a partir de 13 anos de idade. Não é necessário saber lutar ou ter praticado qualquer tipo de modalidade de arte marcial.
O segundo módulo, irá tratar sobre o Empoderamento, que faz a interface da autodefesa com o processo de autonomia e valorização da própria identidade. “A maior parte dos participantes encontra-se em estado de alienação, no que tange a sua própria segurança. Fomos culturalmente ensinados a sermos protegidos por familiares e pelo Estado, principalmente no caso das mulheres. No entanto, nem sempre isso é uma realidade no mundo em que vivemos. A maior parte das agressões é cometida por esses mesmos agentes “protetores”, ou ainda, mesmo que estes cumpram fielmente tal papel, não podem proteger a vida e a integridade física de uma outra pessoa todo o tempo. Além disso, neste módulo trabalha-se a ruptura de um paradigma, a saída da posição de vítima que socialmente nos é imputada, pois, simbolicamente, esses segmentos passam a se sentir capaz de dar conta de sua defesa, criam recurso interno para perceber que são capazes de inúmeras outras coisas que talvez não tivessem consciência”, finaliza Pâmela Valdez, também produtora do evento.
Conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 1980 e 2013, mais de 106 mil mulheres foram assassinadas no Brasil. E a cada 25 horas, uma pessoa LGBT é morta em situações violentas no país. Além disso, a cada 23 minutos um jovem negro é assassinado em território nacional. A violência contra esses segmentos, representa um grave problema social que atinge pessoas de todas as faixas etárias, das mais variadas classes sociais, regiões geográficas, grupos étnico-raciais, níveis de escolaridade, orientação sexual e religião. “Fatos recentes que chocam a sociedade, como o crescente número de agressões em vias públicas em todo o Brasil, estupros coletivos, assédios no trabalho, altos índices de violência doméstica são alguns casos que dimensionam a importância social do que está proposto no Workshop”, relata Amanda Lemes, uma das produtoras do evento.

Para quem deseja participar, basta comparecer ao local com roupas confortáveis e disposição acolhedora e encorajadora. Mais informações podem ser fornecidas pelo telefone (11) 99387-4247.

#MuitoMaisPorSorocaba



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.