Domingo, 16 de Dezembro de 2018

28/1/2011 - Sorocaba - SP

Secretário de Saúde apresenta números do último trimestre de 2010




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba

O vereador Irineu Toledo (PRB) presidiu a audiência pública sobre os gastos, atendimentos e ações da Saúde de outubro a dezembro

A Câmara Municipal realizou nesta sexta-feira, 28, audiência pública presidida pelo vereador Irineu Toledo (PRB) para prestação de contas da Secretaria Municipal de Saúde referente ao quarto trimestre de 2010.

Os vereadores Luis Santos (PMN) e Claudemir Justi (PSDB) estiveram representados por assessores.

Segundo os dados apresentados pelo secretário de Saúde, Dr. Milton Palma, as despesas com saúde no município totalizaram 72,5 milhões de reais nos meses de outubro, novembro e dezembro. A Prefeitura recebeu R$ 26 milhões de recursos para a saúde, mas teve de desembolsar R$ 46,4 milhões de recursos próprios para o setor.

Como nas últimas prestações de conta, o secretário ressaltou a necessidade de regulamentação da emenda 29 para aumentar o repasse. “Cada vez mais o Município arca com as despesas”, disse. “De fato a saúde pública tem necessitado de mais recursos. Vemos a dificuldade da equipe de saúde, pois o atendimento é grande”, completou o vereador Irineu Toledo.

Além do balanço de receita e despesas, o secretário de Saúde, Dr. Milton Palma, apresentou números da produção da saúde pública referentes a atendimentos médicos e também de assistência social, odontológico, fisioterapêutico e fonoaudiólogo, além de programas municipais como vigilância nutricional, médico da família e acamados, este último que atende atualmente cerca de 1200 pessoas em domicílio.

Milton Palma falou sobre o risco de epidemia de dengue devido às chuvas constantes e o calor - condições ideais para a proliferação do mosquito. “Mais uma vez lembro que a população precisa nos ajudar no combate à dengue. Nós é que criamos o mosquito, 95% dos criadores estão nas casas. O poder público sozinho não tem como vencer esse combate”, disse.  Segundo os dados apresentados, no último trimestre de 2011 foram visitados 21 mil domicílios.  

Palma destacou a inauguração do SAME – Serviço de Atendimento Especializado, para atendimento de casos de HIV e patologias infecciosas crônicas como hepatites, segundo o secretário, uma das clínicas mais bem equipadas do interior de SP.

Para o 1º trimestre deste ano está prevista a conclusão do centro de saúde do conjunto habitacional Ana Paula Eleotério e, Ainda em 2011, novos centros no Éden e no Jardim Rodrigo.

Ao final da explanação do secretário de saúde, o vereador Irineu Toledo falou sobre o aumento de casos de AVC – Acidente Vascular Cerebral e informou que irá apresentar projeto de lei cirando uma semana municipal de combate para levar informações à população.

Para o secretário, o principal é a prevenção, “50% depende de cada um nós”, disse. “Temos que cuidar da nossa saúde. A hipertensão e o diabetes são as duas grandes doenças que facilitam a instalação do AVC”, afirmou.

Milton Palma encerrou a audiência lamentando a suspensão de cirurgias eletivas for falta de vagas em UTIs, lotadas por pacientes envolvidos em acidentes de trânsito, muitos deles causados por descuidos e uso de álcool, como destacou. 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.