Quarta-Feira, 18 de Outubro de 2017

29/11/2010 - Sorocaba - SP

Mutirão de prevenção do câncer de pele atende 988 pessoas




da Assessoria de Imprensa

A campanha anual de exames clínicos e prevenção do câncer de pele, realizada no último sábado (27), na Policlínica Municipal de Especialidades, avaliou 988 pessoas no total. O evento foi realizado pela Prefeitura de Sorocaba, em parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), das 8h às 12h.

Trabalharam na campanha cerca de 100 profissionais de saúde, sendo 13 médicos dermatologistas e cinco cirurgiões plásticos, que atuaram como voluntários. A ação teve como objetivo conscientizar pessoas de todas as idades sobre a prevenção do câncer de pele e incentivar a detecção precoce da doença.

Foram distribuídas 1.043 senhas das 8h às 12h. Os atendimentos foram realizados até cerca de 14h30 e resultaram no diagnóstico de 143 lesões malignas. Deste total, 14 eram melanomas, considerado o tipo mais grave de câncer de pele. Os outros tipos foram: 90 carcinomas basocelular (CBC), 23 carcinomas espinocelular (CEC) e 16 outros tipos de tumores malignos.

Também foram identificadas 282 lesões pré-malignas, que podem evoluir para câncer de pele e 496 dermatoses (outras doenças de pele).

A aposentada Adaleti Rodrigues Chaves de Souza, 64 anos, foi uma das pessoas que participou da campanha. Moradora de Minas Gerais, ela aproveitou a estadia em Sorocaba, na casa de parentes, para ir até a Policlínica e passar por uma avaliação. “Fazia tempo que eu queria passar por um dermatologista para me examinar. Achei o mutirão muito bem organizado”, disse.

A dona-de-casa Rosinha Jesus Carnevali, 62, também esteve presente no mutirão e passou por avaliação. “Eu participo todo ano da campanha. Afinal, prevenir é sempre melhor do que remediar”, comentou.

Novos exames e tratamentos

Segundo a dermatologista Maria Heloísa Razl, da Policlínica, todos os pacientes com algum tipo de lesão identificada foram encaminhados para novos exames ou aos procedimentos indicados para o tratamento de cada caso.

Quem apresentar alguma lesão de pele e não conseguiu participar do mutirão realizado no sábado deve procurar qualquer uma das 30 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade para passar por uma avaliação. Dependendo do caso, a pessoa será encaminhada para a Policlínica Municipal.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email
Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.