Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019

30/3/2011 - Sorocaba - SP

Moradia Popular - Aprovada regularização fundiária de 50 bairros em Sorocaba




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba

Projetos de lei da Comissão de Regularização Fundiária aprovados pela Câmara Municipal permitirão a legalização de milhares de imóveis em várias regiões da cidade

A Câmara Municipal de Sorocaba aprovou por unanimidade, em caráter definitivo, na sessão desta terça-feira (29), dois projetos de lei de autoria da Comissão de Regularização Fundiária que viabilizam a regularização de 50 bairros, beneficiando cerca de 70 mil pessoas. “Foram três meses de trabalho fazendo a consolidação da legislação fundiária no município, o que resultou em uma lei que é, sem dúvida, modelo para outros municípios do Estado e até do país”, salienta o vereador Helio Godoy (PTB), presidente da comissão.

O vereador salienta que, além dos imóveis residenciais, também serão beneficiados estabelecimentos comerciais, templos religiosos e associações, que também terão seus imóveis regularizados. Um dos projetos aprovados alterou a Lei nº 9.028/2009, que dispõe sobre outorga de domínio aos moradores das vilas Colorau, Zacarias, João Romão e Sabiá, com o objetivo de agilizar os processos de regularização dos seus imóveis. O outro projeto alterou a Lei 8.451/2008, que instituiu o Plano de Regularização Fundiária no município, acrescentando mais 12 bairros aos 38 já constantes da referida lei, entre outras modificações.

Segundo o vereador, com a aprovação dos projetos de lei, três equipes da Prefeitura, com trailers, irão visitar os bairros com o objetivo de fazer o levantamento dos imóveis a serem regularizados. “Com essa nova lei, unificamos e simplificamos a legislação fundiária, garantindo o direito à cidadania de milhares de família, pois a moradia é um direito fundamental previsto na Constituição”, salienta Godoy, lembrando que, há 14 anos, vem lutando pela regularização fundiária no município.

Um dos projetos aprovados recebeu oito emendas – sete da própria comissão e uma do vereador Geraldo Reis (PV). Além de seu presidente Helio Godoy, a comissão é formada pelos vereadores Rozendo de Oliveira (PV), Anselmo Neto (PP), Benedito Oleriano (PMN) e Izídio de Brito. Para Helio Godoy, “a aprovação dos dois projetos de lei são um marco histórico e a Câmara Municipal de Sorocaba teve papel crucial nesse processo de resgate da cidadania de milhares de famílias, incorporando às áreas irregulares à cidade legal”.

Os 50 bairros beneficiados

Confira a lista dos 50 bairros que passarão a constar, de modo unificado, na que institui o Plano de Urbanização e de Regularização Fundiária em Sorocaba:

1) Jardim Ipiranga;

2) Jardim Refúgio;

3) Quintais do Imperador I e II;

4) Jardim Santo André I e II;

5) Jardim Cruz de Ferro;

6) Jardim Baronesa;

7) Jardim Aeroporto;

8) Jardim Abatiá;

9) Vila Barão (antiga área do ITESP)

10) Conjunto São Joaquim;

11) Jardim Nova Esperança (antiga área do ITESP e URBES);

12) Jardim Humberto de Campos;

13) Vila Helena (Aeroporto);

14) Jardim Gualberto Moreira;

15) Aparecidinha (Centro/ Cúria);

16) Jardim Iporanga I e II (Hollingsworth);

17) Jardim Itapemirim;

18) Jardim Real ( Cedrinho);

19) Vila Barão (Embriões, Av. Mario Covas);

20) Retiro São João;

21) Parque São Bento II;

22) Parque das Laranjeiras;

23) Parque Vitória Régia III;

24) Parque do Carmo;

25) Jardim Bela Vista;

  • TAMANHO DA LETRA   - A / A+

  •  IMPRIMIR NOTÍCIA

  •  COMUNICAR ERRO



  • Comunicar erro nesta notícia

    Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


    Enviar esta notícia por email

    Imóveis em Sorocaba

    Apartamentos

    Áreas Industriais

    Casas

    Chácaras

    Comercial

    Condominios

    Fazendas

    Haras

    Sítios

    Terrenos

    Anuncie seu Imóvel

    O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

    Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

    O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa



    Dogus Comunicação

    Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

    Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.