Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017

21/12/2010 - Sorocaba - SP

Escolas municipais terão educação de trânsito




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba

Aprovado projeto de lei de autoria do vereador Helio Godoy (PTB) que torna a educação de trânsito disciplina extracurricular nas escolas municipais

A “educação para o trânsito” passará a ser atividade extracurricular nas escolas municipais de Sorocaba. É o que estabelece projeto de lei de autoria do vereador Helio Godoy (PTB), aprovado na Câmara Municipal, em sessões extraordinárias realizadas na manhã desta segunda-feira (20). A nova disciplina extracurricular será desenvolvida por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e a Urbes.

A Prefeitura contratou, recentemente, 50 agentes de trânsito e a tendência é que eles se limitem a multar os infratores. Mas precisamos também educar motoristas e pedestres”, afirma Godoy, observando que o projeto aprovado na Casa pretende contribuir com o desenvolvimento da mobilidade segura no município.

E a melhor forma de fazermos isso é educando, preventivamente, as crianças e adolescentes. Não apenas porque elas serão os motoristas de amanhã, mas porque já podem contribuir, hoje, com a reeducação de seus próprios pais”, enfatiza Godoy, observando que jovens bem educados na escola podem influir positivamente no hábito de suas famílias.

Programa de educação — A frota de veículos em Sorocaba, que era de 180.696 veículos em 2002, chegou a 293.798 veículos em 2009, segundo dados do Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) — o que significa um aumento de 50,2% em menos de uma década. Esses dados, no entender de Helio Godoy, atestam a importância de se tratar da questão do trânsito nas escolas. “Inclusive porque Sorocaba está em franco desenvolvimento e o expressivo crescimento de sua frota de veículos pode até acelerar”, enfatiza.

O projeto de lei aprovado prevê a instituição de um programa de educação para o trânsito contemplando, entre outras questões, a identificação do grau de periculosidade do trânsito por região escolar; a caracterização dos componentes de risco e acessibilidade universal no entorno e interior da escola; e a identificação da escola e seu posicionamento em relação à hierarquia viária municipal e aos componentes demográficos.

Além disso, o projeto também prevê a realização de pesquisa com pais e alunos da rede de ensino com o objetivo de caracterizar o padrão de mobilidade, a percepção de riscos de trajeto e a identificação das principais rotas de acesso escolar. A participação dos alunos nas atividades de educação para o trânsito é voluntária e poderá contar com a colaboração de especialistas e pessoas da comunidade.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email
Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.