Domingo, 9 de Dezembro de 2018

12/4/2011 - Sorocaba - SP

Casos de dengue em Sorocaba chegam a 609




da assessoria de imprensa da prefeitura de Sorocaba

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (11) pela Área da Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES), já são 609 casos de dengue confirmados na cidade em 2011. Deste total, 583 são autóctones e 26 são importados. Desde o início do ano até o dia 8 de abril, foram notificados 3.314 casos suspeitos da doença, sendo que 2.705 foram descartados.

O número de casos confirmados deste ano já ultrapassou, e muito, o total registrado em 2010. Se compararmos com o ano passado, há ainda cinco ou seis semanas pela frente para que o surto de dengue se mantenha ativo”, analisa a diretora de Área da Vigilância em Saúde, Consuelo Matiello.

Por isso, Consuelo pede à população que continue se esforçando no combate ao mosquito transmissor da dengue, para que Sorocaba não enfrente uma epidemia da doença (300 casos para cada 100 mil habitantes, de acordo com o critério estabelecido pelo Ministério da Saúde).

“É preciso eliminar os criadouros das casas e dos locais de trabalho. O poder público está fazendo sua parte, intensificando as ações e reforçando a aplicação de multas às pessoas que colocam a saúde pública em risco. Além disso, a Zoonoses está contando com o apoio de 50 agentes da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), órgão da Secretaria de Estado da Saúde, nas ações de combate ao mosquito. Porém, sem a colaboração da população, nós não vamos conseguir vencer esta guerra”, diz.

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.