Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018

18/2/2011 - Sorocaba - SP

Carta da Zona Industrial é entregue ao prefeito Vitor Lippi




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba 

O documento — elaborado por um grupo de trabalho instituído por iniciativa do vereador João Donizeti Silvestre (PSDB) — foi entregue ao prefeito pelo vereador

A completa modernização da infra-estrutura urbana da Zona Industrial, com a duplicação de avenidas, a pavimentação de ruas e a implantação de equipamentos públicos, entre outras melhorias, foi objeto de documento entregue ao prefeito Vitor Lippi pelo vereador João Donizeti Silvestre (PSDB). Intitulado “Carta da Zona Industrial”, o documento foi elaborado por um grupo de trabalho composto por representantes das indústrias de pequeno, médio e grande porte da região, bem como do comércio e setor de serviços, além de líderes comunitários.

Instituído em audiência pública realizada pelo vereador João Donizeti em 12 de março de 2010, o grupo de trabalho, depois de um meticuloso levantamento dos problemas da região, está reivindicando ao prefeito a elaboração de um Plano Diretor da Zona Industrial. “Tão logo iniciamos o levantamento, tivemos a certeza de que os graves problemas da Zona Industrial não se resolvem com medidas pontuais e paliativas, mas com um plano diretor específico para a região, capaz de nortear seu desenvolvimento de forma sustentável”, afirma João Donizeti.

O grupo de trabalho também elencou uma série de ações prioritárias para suprir as principais necessidades da região. O conjunto de reivindicações e propostas foi subdividido em ações de curto e médio prazo e “demais ações”. Entre as ações de curto prazo, os representantes da Zona Industrial pedem a duplicação das avenidas Victor Andrew, Paraná, Pereira da Fonseca e Rua Bonifácio de Oliveira Cassu, bem como a pavimentação e revitalização de outras ruas e a implantação de um parque municipal no entorno da ETA do Éden.

Plano Diretor — Criada há mais de 40 anos, a Zona Industrial de Sorocaba conta, hoje, com 1.800 plantas industriais, constituindo-se num dos mais importantes polos de produção do país, responsável por cerca de 70% de toda a arrecadação do município. Formada pelos bairros Cajuru, Éden, Aparecidinha, Iporanga I e Iporanga II, tem mais de 120 mil habitantes, aos quais se somam milhares de trabalhadores, provenientes das mais diversas regiões da cidade e municípios vizinhos.

Apesar de toda a sua importância, a Zona Industrial não conta com uma infra-estrutura adequada e corre o risco de perder investimentos, em face das dificuldades para a instalação de novas indústrias e a expansão das indústrias já instaladas”, salienta João Donizeti. O vereador ressalta que o prefeito Vitor Lippi se mostrou sensível ao documento elaborado pelo grupo de trabalho, que contou com a ativa participação da Associação dos Empreendedores do Bairro do Éden e Região (Aeber). “A duplicação das avenidas, por exemplo, é uma medida de curto prazo e esperamos que o Estado também entre com recursos para essas obras”, salienta o vereador.

Quanto ao plano diretor específico para a região, João Donizeti sustenta que essa é uma tendência já adotada por alguns municípios, como Garulhos, em São Paulo, e Florianópolis, em Santa Catarina. “O Plano Diretor da Zona Industrial se enquadra nessa nova perspectiva de planejamento urbano e vai se integrar ao Plano Diretor de Sorocaba, traçando diretrizes para o desenvolvimento econômico, social, ambiental e humano da região”, argumenta. E acrescenta que, dado o peso da Zona Industrial no município, o ganho será para toda a cidade.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.