Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019

18/2/2011 - Sorocaba - SP

Carta da Zona Industrial é entregue ao prefeito Vitor Lippi




da assessoria de imprensa da câmara de Sorocaba 

O documento — elaborado por um grupo de trabalho instituído por iniciativa do vereador João Donizeti Silvestre (PSDB) — foi entregue ao prefeito pelo vereador

A completa modernização da infra-estrutura urbana da Zona Industrial, com a duplicação de avenidas, a pavimentação de ruas e a implantação de equipamentos públicos, entre outras melhorias, foi objeto de documento entregue ao prefeito Vitor Lippi pelo vereador João Donizeti Silvestre (PSDB). Intitulado “Carta da Zona Industrial”, o documento foi elaborado por um grupo de trabalho composto por representantes das indústrias de pequeno, médio e grande porte da região, bem como do comércio e setor de serviços, além de líderes comunitários.

Instituído em audiência pública realizada pelo vereador João Donizeti em 12 de março de 2010, o grupo de trabalho, depois de um meticuloso levantamento dos problemas da região, está reivindicando ao prefeito a elaboração de um Plano Diretor da Zona Industrial. “Tão logo iniciamos o levantamento, tivemos a certeza de que os graves problemas da Zona Industrial não se resolvem com medidas pontuais e paliativas, mas com um plano diretor específico para a região, capaz de nortear seu desenvolvimento de forma sustentável”, afirma João Donizeti.

O grupo de trabalho também elencou uma série de ações prioritárias para suprir as principais necessidades da região. O conjunto de reivindicações e propostas foi subdividido em ações de curto e médio prazo e “demais ações”. Entre as ações de curto prazo, os representantes da Zona Industrial pedem a duplicação das avenidas Victor Andrew, Paraná, Pereira da Fonseca e Rua Bonifácio de Oliveira Cassu, bem como a pavimentação e revitalização de outras ruas e a implantação de um parque municipal no entorno da ETA do Éden.

Plano Diretor — Criada há mais de 40 anos, a Zona Industrial de Sorocaba conta, hoje, com 1.800 plantas industriais, constituindo-se num dos mais importantes polos de produção do país, responsável por cerca de 70% de toda a arrecadação do município. Formada pelos bairros Cajuru, Éden, Aparecidinha, Iporanga I e Iporanga II, tem mais de 120 mil habitantes, aos quais se somam milhares de trabalhadores, provenientes das mais diversas regiões da cidade e municípios vizinhos.

Apesar de toda a sua importância, a Zona Industrial não conta com uma infra-estrutura adequada e corre o risco de perder investimentos, em face das dificuldades para a instalação de novas indústrias e a expansão das indústrias já instaladas”, salienta João Donizeti. O vereador ressalta que o prefeito Vitor Lippi se mostrou sensível ao documento elaborado pelo grupo de trabalho, que contou com a ativa participação da Associação dos Empreendedores do Bairro do Éden e Região (Aeber). “A duplicação das avenidas, por exemplo, é uma medida de curto prazo e esperamos que o Estado também entre com recursos para essas obras”, salienta o vereador.

Quanto ao plano diretor específico para a região, João Donizeti sustenta que essa é uma tendência já adotada por alguns municípios, como Garulhos, em São Paulo, e Florianópolis, em Santa Catarina. “O Plano Diretor da Zona Industrial se enquadra nessa nova perspectiva de planejamento urbano e vai se integrar ao Plano Diretor de Sorocaba, traçando diretrizes para o desenvolvimento econômico, social, ambiental e humano da região”, argumenta. E acrescenta que, dado o peso da Zona Industrial no município, o ganho será para toda a cidade.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.