Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019

8/5/2019 - Sorocaba - SP

Atores simulam dificuldades em treinamento de motoristas da Urbes




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Sorocaba

Ação do Maio Amarelo sensibiliza motoristas sobre necessidade de quem embarca nos ônibus

Motoristas embarcando nos próprios ônibus com pesos amarrados ao corpo, olhos vendados, usando bengalas ou em cadeiras de rodas. Atores representando passageiros com dificuldades no uso do transporte coletivo. Essas foram situações vividas na manhã da terça-feira (7), em mais uma ação da Campanha Maio Amarelo, promovida pela Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade, por meio da Urbes – Trânsito e Transportes. Com o nome Coletivo para a Coletividade, o aprimoramento e conscientização foram levados pela Equipe de Educação para o Trânsito da Urbes, aos profissionais do Consócio Sorocaba (ConSor).

O secretário da Mobilidade e Acessibilidade da Prefeitura e presidente da Urbes – Trânsito e Transportes, Luiz Alberto Fioravante, enfatiza a importância de elevar a conscientização com treinamento constante. “Os motoristas profissionais são os mais habilidosos e devem dar exemplo. Mas vamos além e levamos ações de conscientização para o trânsito às universidades, escolas, empresas e em abordagens nas ruas com as blitzes educativas. Neste mês, da campanha nacional Maio Amarelo, intensificamos esse trabalho”, declara o secretário Fioravante.

Para tornar o treinamento com os motoristas ainda mais real, os atores da Equipe de Educação da Urbes encenaram cinco modelos de cidadãos que habitualmente mais interagem e necessitam do auxílio dos motoristas aos se relacionarem com o transporte público: o passageiro comum com alguma dúvida ou dificuldade, a idosa, a pessoa com deficiência visual, o cadeirante e o ciclista. Em todas as simulações os atores atuaram caracterizados, sempre falando sobre dificuldades cotidianas enfrentadas em relação ao transporte público.

“Com a correria do dia a dia, às vezes acabamos esquecendo de dar o melhor de nós. O treinamento faz a gente refletir sobre a importância do nosso trabalho para todos que se utilizam dos nossos serviços”, opinou o motorista de ônibus em Sorocaba há oito anos, Wagner Rocha de Almeida.

O motorista Almeida, 40 anos, foi um dos que embarcaram utilizando pesos de até 5kg amarrados nas mãos e nas pernas para simular a dificuldade de um idoso. Após cada depoimento, eles foram convidados a sentir na prática pelo o que passa uma pessoa com dificuldade. No caso do ciclista, os motoristas ficam em pé, em fila indiana, e um ônibus passou bem próximo aos seus corpos, para conhecerem a sensação de um ciclista desrespeitado.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.