Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Denise Corrêa

Graduada em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, pós-graduada em Psicopedagogia.

Ver todas as colunas

Psicopedagogo institucional: uma necessidade da escola moderna



E mais um ano letivo se inicia.

E novas expectativas em relação ao aprendizado de nossos filhos são criadas.

E novas expectativas em relação à escola de nossos filhos são criadas.

Antes de qualquer consideração, é necessário ter consciência de que o ato de aprender é característica inerente ao ser humano e envolve dimensões cognitivas, afetivas e sociais. Por isso, todo e qualquer indivíduo aprende, de acordo com suas estruturas mentais e as relações de estímulo que vivencia; o que pode variar é a forma como cada um aprende e o momento que aprende.

"Agora sei que meu filho pode e vai aprender! E a escola?"

A escola que melhor atende os alunos é aquela cuja preocupação maior está em desenvolver o potencial específico de cada aluno, em atender às suas características únicas, em perceber habilidades e superar as limitações.

"Mas o meu filho tem um ritmo diferente de aprendizado; será que a escola conseguirá perceber e trabalhar essa diferença em relação ao grupo?"

Pelo fato da educação trilhar, hoje, por caminhos que buscam um ensino democrático e de qualidade, tentando remover barreiras na inclusão de todos que apresentam alguma limitação no aprender, é que se faz necessário, então, abordar a questão da necessidade da contribuição do psicopedagogo para a prática dos professores no trabalho de inclusão e aceitação de alunos com "transtornos de aprendizado" em suas classes.

Neste caso, a intervenção psicopedagógica institucional, servirá como um elo na busca de um trabalho pedagógico efetivo, incluindo medidas de acesso e participação efetiva dos alunos que trazem algum déficit.

É preciso desenvolver uma rede de apoio (constituída por alunos, pais, professores, diretores, psicólogos, psicopedagogos e coordenadores) para discutir e resolver problemas, trocar ideias, métodos, técnicas e atividades, com a finalidade de ajudar não somente aos alunos, mas aos professores também, para que possam ser bem sucedidos em seus papeis.

Para incluir, a escola precisa, primeiramente, acreditar no princípio de que todas as crianças podem aprender e que todas devem ter acesso igualitário a um currículo básico, diversificado, e a uma educação de qualidade. As adaptações curriculares constituem as possibilidades educacionais de atuar frente às dificuldades de aprendizagem dos alunos e têm como objetivo subsidiar as ações dos professores. Constituem num conjunto de modificações que se realizam nos objetivos, conteúdos, critérios, procedimentos de avaliações, atividades e metodologias para atender as diferenças individuais dos alunos.

A intervenção psicopedagógica no âmbito escolar contribui, através de uma parceria consistente dos envolvidos (coordenador / psicopedagogo / professor) para que, de fato, as dificuldades de aprendizagem sejam amenizadas e/ou resolvidas, garantindo maior qualidade na construção do conhecimento pelo aluno, não como um elo de dependência, mas como um indicador a mais na confiança e autonomia do trabalho pedagógico.

E o ano caminha. Expectativas e anseios são minimizados. A segurança da escolha tranquiliza e os pais podem finalmente afirmar: "Sim, esta é a escola ideal para meu filho, com a equipe certa para apoiá-lo na construção do seu conhecimento e no resgate positivo do ato de aprender".

 

Denise Corrêa - Psicopedagoga e Tutora Educacional
Graduada em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, pós-graduada em Psicopedagogia.
Endereço: Rua Enrico Delacqua, 297, Sala 65, Centro - São Roque
Fone e Whatsapp: (11) 99464-3749










Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa

O Emprestimo para aposentado.

O BMG Emprestimo.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.