Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Denise Corrêa

Graduada em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, pós-graduada em Psicopedagogia.

Ver todas as colunas

Muita calma nessa hora!



A criança acorda, escova os dentes, troca de roupa e toma café. Em seguida, faz lição de casa, decora a tabuada, arruma o material da escola, toma banho, penteia o cabelo, almoça e corre para a escola... Ufa...

Pensa que acabou? Que nada!

Quatro horas na escola (em média), aula de Matemática, aula de Português, aula de Ciências, aula de Inglês, aula de Informática... Acabou?

“Vamos, filho! Demorou para sair... Hoje tem natação!”

“Vamos, filha! Quanta demora! Hoje tem judô!”

Se eu estou cansada ao escrever a rotina padrão das crianças de hoje... Imagina as nossas crianças!

Seja qual for a ordem das tarefas, a rotina na infância é uma corrida contra o tempo e, não raro, sob o “megafone” dos adultos.

Em busca de um mundo menos acelerado, com menos atividades diárias e mais brincadeiras... A meta é brincar!

Brincar junto; sem celular, sem tablet... Sem pressa!

Vamos resgatar algumas brincadeiras... A amarelinha, pula-corda, forca... Passa anel... Pera, uva ou maçã? Quanta saudade!

Hoje, a amarelinha é só uma cor! Nossas crianças têm dificuldade de se organizar em roda, de pular num pé só e, se alguém sugerir “passa o anel”, imaginarão um assalto!

Precisamos parar! Trabalhar, com mais dedicação e tempo, a arte de brincar.

A criança precisa respirar! Relaxar! Mostrar e inspirar, a nossas crianças, a sedução profunda de brinquedos e brincadeiras que não custam nada ou custam pouco, é urgente! É necessário!

Você já parou para pensar quantas atividades seus filhos fazem quando estão na escola?

Brincar deve ter lugar prioritário na vida de nossas crianças. O brincar, por se tratar de uma atividade livre, com muita fantasia, favorece o fortalecimento da autonomia da criança.

Por favor, não apressem seus pequenos!

E, se possível, resgatem ruas mais felizes e barulhentas, com uma dúzia de crianças gritando e rindo à toa. O mundo agradece e nossas crianças, também!

Denise Corrêa - Psicopedagoga e Tutora Educacional
Graduada em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, pós-graduada em Psicopedagogia.

Endereço: Rua Enrico Delacqua, 297, Sala 65, Centro - São Roque
Fone e Whatsapp: (11) 99464-3749










Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa

O Emprestimo para aposentado.

O BMG Emprestimo.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.