Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019

Ozeni Ramos

Ozeni Ramos é Psicóloga, com ampla vivência na área da Saúde Mental.

Atendimentos Psicológicos em Jundiaí.

E-mail: oznramos@gmail.com

Ver todas as colunas

Medo A Sutil Opressão - Parte 2



O Medo de Ficar Só

 

Quando falamos sobre o medo de ficar só estamos fazendo referência à sensação do medo de estar, vir a ficar ou sentir-se só, de forma física ou subjetiva.

Esse medo acorre devido ao sentido de pertencimento nos seres humanos ser algo inato, é natural querer pertencer a algo, sentir-se acolhido. No entanto torna-se anormal quando  o bem estar do indivíduo é colocado em segundo plano por ele mesmo, alguns exemplos:

 

  • Manter relacionamentos que o desagradam de alguma forma, pois, tem receio da atitude do outro, ou medo de ficar só
  • Aceitar qualquer tipo de manipulação emocional ou verbal para ser aceito e aprovado
  • Ceder em qualquer situação que não esteja realmente disposto a realizar
  • Modelar algum comportamento, verbalização ou praticar ação que outras pessoas julgam ser o correto, apesar de sentir desconforto com essa atitude
  • Sofrer profunda influência ao receber elogios ou críticas.
  • Hábito de adequação desmedida ao meio, sem buscar as próprias aptidões e reais vontades
  • Dificuldade de ficar em silencio ou de momentos de pausa sem utilizar nenhum recurso externo
  • Colocar pessoas ou situações a frente de suas próprias escolhas.
  • Conversas mentais incessantes a respeito do que você acha que as pessoas esperam de você, de seu desempenho ou de seu comportamento

 

O medo da solidão é algo comum, no campo dos relacionamentos, por exemplo, ele é bem visível, repare a sua volta e conte quantos relacionamentos a sua volta são realmente saudáveis a ambos os indivíduos envolvidos?

O medo da solidão pode parecer algo inofensivo e até normal, mas é preciso cuidado.

O medo da solidão sugere uma sensação de falta profunda em nós, como se a nossa própria presença fosse algo defeituoso, e a presença externa de outras pessoas, coisas, ou situações seja algo que ratifique nossa própria vivência, isso parece um pouco insano... Mas, comumente é o que ocorre.

Para acabar com esse tipo de medo não é necessário que todos fiquem exilados em suas casas para não sofrerem interferências sociais. Apenas compreender que existe uma linha tênue que separa sua individualidade da sua identidade como participante de uma sociedade, essa vivência necessita ser saudável e não doentia, é vital agregar valor a esses dois lados.

Para melhorar essa situação é necessário elevar a qualidade de vida em todas as áreas, principalmente desenvolver-se como pessoa e encher de significação as ações que realiza em sua rotina, sem terceirizar essa responsabilidade para outra pessoa, família, relacionamentos, etc.

Ao dispor dessa nova visão o sujeito compreende que é de sua inteira responsabilidade ter ou não ter bem estar.

Entender que para conquistar qualquer tipo de relacionamento sadio, ele terá que fazer trocas de forma justa dentro dessas relações, não apenas buscando satisfação própria, bem como agregando valor a essas relações.    

Ocorre que quando o indivíduo encontra seu senso de valor próprio (sua importância como pessoa para si mesmo) ele consegue expressar esse valor aos outros de forma natural. O medo se dissipa, e ele vai sentir-se mais integrado ao meio.










Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.