Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019

Leliane Andrade

Formada em Publicidade e Propaganda, gosta de fotografar (principalmente gastronomia) e é responsável pela Atualprint, gráfica especializada em impressão digital. Escreve sobre tendências e marketing para o pequeno empreendedor.
www.atualprint.com.br
www.lelianeandrade.com.br

Ver todas as colunas

`` Gourmetizar´´ - A arte de agregar valor e triplicar suas vendas sem fazer parte de clichês



 

Vamos falar de culinária. No último artigo tratei de cervejas artesanais, e neste falarei de estabelecimentos como hamburguerias, docerias, chocolaterias e outros do ramo de alimentação. Hoje percebemos uma tendência na área gastronômica de transformar comidas corriqueiras em gourmets. O simples brigadeiro ganhou uma nova roupagem e se transformou em brigadeiro gourmet, e com isso, muitas vezes diminuiu de tamanho e triplicou no preço. É o que chamamos de “valor agregado”. O consumidor entende que o valor mais alto deste tipo de produto é justificado pelos atributos proporcionados pelo seu consumo.

Mas afinal, o que é o “gourmet”? A definição da Wikipédia revela que é um “ideal cultural associado com a arte culinária da boa comida e boa bebida, e diz-se que é gourmet quando está reservado a paladares mais avançados e experiências gastronômicas mais elaboradas”. Podemos acrescentar aqui a sofisticação do prato ou produto, que o diferencia da comida comum. Erroneamente, este termo vem sendo usado em excesso e muitas vezes com alimentos que não merecem se encaixar nesta definição.

É preciso entender um ponto crucial nesta questão. Não adianta apenas rotular o produto como “gourmet” para cobrar a mais por ele.  O cliente precisa ter esta percepção, e para isso, é necessário investir em algumas estratégias que irão diferenciar o produto comum do sofisticado. Isso envolve elaboração e apresentação do produto, qualidade dos ingredientes empregados, embalagem e outros aspectos.  É preciso ter em mente que não adianta simplesmente escrever no seu cardápio “gourmet”, se aquele prato não possui os atributos que o diferencia dos pratos comuns, não transmitindo ao cliente esta percepção de valor.

Para você que atua na área gastronômica, é interessante analisar a possibilidade de incluir opções gourmets em seu cardápio, agregando valor ao seu estabelecimento e com isso incrementando suas vendas e disparando na frente da concorrência. Mas ressalto que é preciso ficar atento a alguns detalhes que farão toda a diferença. Proporcionar ao seu cliente a experiência de degustar algo único e especial deve ser o seu objetivo.

Produção limitada ou artesanal

Este é um aspecto intimamente ligado ao termo “gourmet”, pois por si mesmo já define o produto (ou prato) como algo especialmente produzido com qualidade superior. O consumidor gosta de sentir-se especial por estar comendo algo exclusivamente preparado para poucos. Valorize esta informação na sua comunicação.

Qualidade e diferenciação

O gourmet é algo com um toque especial, um ingrediente diferenciado ou sofisticado. Vários locais que adotam o termo “gourmet” não consideram este cuidado extra no que está sendo servido.

Apresentação

Este pode ser o ponto crucial que vai definir seu sucesso ou fracasso nas vendas. Vamos a um exemplo interessante: o hambúrguer. A ideia de um hambúrguer gourmet nos remete automaticamente a um lanche feito com ingredientes mais frescos ou algo fora do comum, com um toque sofisticado e ao mesmo tempo em uma produção artesanal e cercada de cuidados. Seu hambúrguer pode ter todos estes elementos, mas se na hora de servi-lo você não prestar atenção na apresentação do prato, todos os aspectos citados irão por água abaixo e seu cliente talvez não fique satisfeito em pagar um valor diferenciado por um lanche feio (mesmo que esteja gostoso). Isso é válido para qualquer comida gourmet, e é preciso reforçar que a percepção do cliente é o mais importante.  O cliente primeiro “come com os olhos”, e depois efetivamente degusta o alimento. Assim, não é só o sabor e o aroma que conta, mas também a apresentação e embalagem que vai agregar valor à experiência do consumidor com determinado alimento.

Docerias são bons exemplos de como é possível lucrar com alimentos diferenciados. Vemos brigaderias e docerias investindo em embalagens, caixinhas diferenciadas, adesivos, tags, e com isso criando novos produtos que ultrapassam o limite de simples docinhos. Embalagens bonitas transformam os docinhos em delicados presentes.

Divulgação

A propaganda é sempre a alma do negócio. De nada adianta você pensar com todo o carinho em pratos diferenciados se as pessoas não souberem disso. Assim, invista em marketing sempre. Algumas idéias:

- Fotografe seus pratos -  Delegue esta tarefa a alguém que tenha capacidade para isso. Aquela foto de celular sem brilho ou pixelada pode simplesmente fazer com que seu prato (ou produto) pareça ruim ao paladar. E uma boa foto é capaz de fazer com que seu consumidor tenha vontade de consumir seu prato. Por isso, invista.

- Redes sociais – utilize sem moderação. Faça divulgações, crie promoções, mostre seus pratos na rede. Cada curtida em uma imagem sua é uma propaganda para outras pessoas. Vale ressaltar novamente a importância da utilização de fotos bonitas!

- Materiais de divulgação no ponto de venda (Folhetos, prisma de mesa, banner, etc)  – Se você quer incluir algo especial em seu cardápio, invista em materiais de divulgação. Faça folhetos e insira nos cardápios que são entregues aos clientes, coloque um prisma em cada mesa com a foto do novo prato, ou um banner na entrada do seu estabelecimento. Chame a atenção para suas opções gourmets e provoque no seu cliente a vontade de degustá-los.

- Treine seu pessoal – O cliente deve saber o que torna aquele prato ou produto especial, e para isso, um profissional treinado é a melhor propaganda.

 

Resumindo, pense que ao inserir um prato ou produto gourmet em seu rol de produtos, você deve ter o principal objetivo de proporcionar ao cliente uma experiência única e satisfatória, e para isso, qualidade e diferenciação são elementos básicos.

Espero ter contribuído com estas dicas, e se precisar de um parceiro gráfico para seus materiais de divulgação, é só chamar!

Leliane Andrade

www.adesivoserotulos.com.br

www.atualprint.com.br










Imóveis em Sorocaba

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças e acessórios aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de peças que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

O mercado de Aluguel de louças em São Paulo aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas em São Paulo) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.