Poucas Nuvens

SOROCABA

19º MIN  32º MAX

Quinta-Feira, 30 de Outubro de 2014

30/10/2013 - Sorocaba - SP

Campanha orienta e incentiva o diagnóstico da hanseníase




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Sorocaba

A Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES), por meio do Programa Municipal de Controle da Hanseníase, promove até a próxima quinta-feira (31) a Campanha de Combate à Hanseníase, com o objetivo de divulgar os sinais e sintomas da doença e conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce. Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade estão examinando casos suspeitos e, se for necessário, fazendo o encaminhamento adequado.

O Programa Municipal de Controle da Hanseníase funciona na Policlínica Municipal de Especialidades e, além de notificar os casos, tratar o paciente com medicamentos e fornecer acompanhamento multidisciplinar, também acompanha os familiares.

A hanseníase é uma doença infecciosa, de evolução lenta, causada pelo bacilo de Hansen ou Mycobacterium leprae ,que se manifesta principalmente por meio de sinais e sintomas dermatoneurológicos: lesões na pele e nos nervos dos braços, mãos, pernas, pés, rosto, orelhas, olhos e nariz.

O período de incubação, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sinais e sintomas da doença é longo para uma doença bacteriana, podendo chegar até sete anos. Esse bacilo é capaz de infectar grande número de pessoas, mas poucos adoecem. A transmissão acontece por meio de uma pessoa doente que apresenta a forma contagiante da doença e que, não estando em tratamento, elimina o bacilo por meio das vias respiratórias: secreções nasais, tosse ou espirro.

As ações de orientação e diagnóstico precoce da hanseníase são realizadas durante o ano todo na rede municipal de saúde. Qualquer dúvida que alguém possa ter sobre a doença pode ser esclarecida diretamente na Policlínica, que fica no Jardim Santa Rosália, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

 

Ação em escola

 

Também integrando as atividades da Campanha de Combate à Hanseníase em Sorocaba, a equipe do Programa da Hanseníase irá visitar, na próxima segunda-feira (4), a Escola Estadual Professor Diógenes Almeida Marins, que fica no Jardim Novo Eldorado.

De acordo com Uiara Kaiser, coordenadora do programa, todos os alunos, com idades entre 6 e 14 anos, serão examinados e receberão orientações sobre a hanseníase. A equipe estará com camisetas divulgando a hanseníase e desenvolverá atividades lúdicas sobre a doença. "Esse estratégia tem a finalidade de chamar a atenção das crianças e fazer delas agentes multiplicadores da doença", comenta Uiara.

Em Sorocaba, neste ano, até 24 de outubro de 2013, foram notificados 30 casos de hanseníase, sendo que todos eles estão em tratamento. Veja mais detalhes sobre a doença no município no boletim epidemiológico divulgado pela Área de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde (SES) clicando aqui.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Sorocaba Fácil.


Enviar esta notícia por email

Sobre a Dogus Comunicação  |  Política de Privacidade

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2014, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.